Exposição 3 - HERÓIS DO TRABALHO

 

 

 

HERÓIS DO TRABALHO

Exposição de fotografia de Aly Freitas

 

De 25 a 28 de Maio de 2017

 

 

Local: Capela de Santo António


SINOPSE:

HERÓIS DO TRABALHO

 

As bananas são das maiores produções agrícolas da Madeira, ocupando uma vasta área cultivada, que faz parte integrante da paisagem da ilha. Grande parte desta produção insere-se na Ponta do Sol.

 

A cultura da banana desenvolve-se em socalcos, num terreno, cuja orografia se caracteriza por ser muito acidentada, o que dificulta em muito o cultivo e transporte dos cachos.

 

 

Assim, o excerto do Hino da Madeira “Do vale à montanha e do mar à serra,/ Teu povo humilde, estóico e valente/ Entre a rocha dura te lavrou a terra” sintetiza o tema escolhido para a exposição fotográfica “Heróis do Trabalho”, a qual pretende homenagear todos aqueles que se dedicam a esta produção agrícola: pelo seu esforço e persistência, pelo trabalho árduo de grande esforço físico que enfrentam, num terreno tão acidentado, percorrendo caminhos sinuosos, mas, também, pelo sorriso que transportam no rosto – a sua humildade.

 

 

BIOGRAFIA

  

Alexandra Freitas nasceu a 17 de setembro de 1994, é natural da Ponta do Sol, Ilha da Madeira.

 

A fotografia esteve sempre presente na sua vida e, mesmo de forma inconsciente, ganhou grande curiosidade por esta.

 

Completou o ensino secundário num curso técnico e profissional de fotografia. Como o seu interesse cresceu por esta área, voou até Lisboa para frequentar o Curso de Fotografia no Instituto Português de Fotografia.

 

Fez vários trabalhos freelancer, tendo também colaborado com as empresas Desenquadrado, NoWords Productions e Foto Canhas.

 

Participou em concursos de fotografia e fez várias exposições coletivas. As primeiras exposições de fotografia individual serão na III Edição do Festival Aqui Acolá.

 

Adora captar o que lhe enche o coração mas, essencialmente, o que envolve pessoas.

 

A fotografia para si representa mais do que um “click”. Representa olhar com paixão e dedicação. É necessário captar com amor, transmitindo a magia do real no momento certo.

 

Subscribe to our mailing list

* indicates required