Rui Soares e Vanda Natal

Rui Alberto de Freitas Soares, nasceu na Ribeira Brava, Madeira, em 1958. Licenciado em Artes Plásticas/Pintura, pelo Instituto Superior de Arte e Design da Universidade da Madeira. Professor de Educação Visual.

Dinamizador dos grupos “Urban Sketchers Portugal-Madeira”, “Walking Gallery Madeira” e cofundador do “Estúdio Santa Clara”.

O desenho de observação tem sido tem sido o fio condutor em todos os meus trabalhos. Sejam eles assinados como Rui Soares, Ralf S. ou Antero S.

A criação dos pseudónimos deveu-se ao facto da necessidade em diferenciar os diferentes estilos na minha obra, resultado do experimentalismo técnico e gosto eclético.

Rui Soares numa pintura mais simbólica e figurativa, estruturalmente decomposta e influenciada pela pintura de Valerio Adami, geralmente usando a técnica de pintura a óleo. Ralf S., pinturas a óleo, aguarelas e desenhos a tinta-da-china, de característica naturalista, tanto no figurativo e nas paisagens.

Antero S., pinturas acrílicos, numa nova maneira de representar as formas e cores observadas, com linhas de estruturação muito marcadas que, separam e dividem espaços de composição, quais filtros que originam alterações de cores, modificando a leitura imediata da representação do real.

Nestas pinturas (Antero S.) nota-se a influência de Valerio Adami, Ton Schulten e ainda do mundo da BD.

 

Vanda de Jesus Natal, nasceu no Funchal em maio de 1976, 

 

altura em que, aos poucos, começou a sonhar até sentir que: 

O sonho é a pior das cocaínas,

 porque é a mais natural de todas. 

Assim se insinua nos hábitos com a facilidade que uma das outras não tem, se prova sem se querer, 

como um veneno dado. 

Não dói, 

não descora,

 não abate – mas a alma que dele usa fica incurável, 

porque não há maneira de se separar do seu veneno,

 que é ela mesma. 

Fernando Pessoa, in 'Livro do Desassossego'

Subscribe to our mailing list

* indicates required